Thumb  mg 8865No próximo domingo (19) o Alvirrubro terá um jogo de "vida ou morte" fora de casa, contra o Itabaiana-SE, em Lagarto/SE, e quem vencer seguirá na disputa pelo acesso à Série C do Campeonato Brasileiro. Em caso de novo empate - já que o primeiro confronto terminou em 1 a 1 - a classificação será decidida nos pênaltis. Gol marcado fora de casa não é critério de desempate. 

Desde a sua primeira participação na Série D do Campeonato Brasileiro é a primeira vez que o Mecão inicia a fase de "mata-mata" decidindo fora de casa, fator que não altera a concentração da equipe para o importante jogo longe de Natal/RN.

"Sabemos onde erramos e onde precisaremos melhorar para o segundo jogo. Claro que ninguém ficou satisfeito com o empate em casa, o ideal seria a vitória. Agora já passou, vamos para mais um capítulo com o pensamento de escrever uma nova história. O Itabaiana-SE é um grande time e mostrou isso na nossa casa, mas também temos uma grande equipe e, com humildade e total respeito ao nosso adversário, vamos buscar da classificação. Tenho certeza que vai ser um grande jogo", disse o goleiro Samuel Pires que praticou pelo menos três importantes defesas na Arena das Dunas.

Jogando fora de casa, o América soma duas vitórias (Sousa-PB e Atlético-CE), dois empates (Caucaia-CE e Treze-PB) e três derrotas (Campinense-PB, ABC e Central-PE). Já o Itabaiana-SE soma quatro vitórias (Sergipe, Murici-AL, ASA-AL e Atlético-BA), um empate (Juazeirense-BA) e duas derrotas (Retrô e Bahia de Feira-BA), números que mostram que a partida não será fácil em Sergipe.

"Não tem jogo fácil na Série D e nem em nenhum campeonato do mundo, independente da divisão ou da região. Será um jogo complicado lá em Sergipe, onde eles têm uma campanha muito boa e estamos preparados pra isso. Temos o resto da semana para corrigir o for preciso corrigir e vamos pro jogo honrar essa camisa tão pesada no cenário nordestino e nacional. A torcida pode ter certeza que não faltará vontade de nenhum de nós", garantiu Samuel.

Para o jogo da volta contra o Itabaiana-SE o técnico Renatinho Potiguar ainda não poderá contar com os zagueiros Lucão e Raniery, entregues ao Departamento Médico. O centroavante Max iniciou o período de transição e é dúvida.

Fotos: Canindé Pereira/América FC

Banner detran