No próximo domingo (13), às 15h, na Arena das Dunas, o América-RN terá um jogo de "vida ou morte" na Série D do Campeonato Brasileiro. Após ser superado por 1 a 0 no jogo de ida, a equipe potiguar precisará vencer o Coruripe-AL na partida da volta por no mínimo dois gols de diferença para se classificar direto para a terceira fase da competição. Em caso de triunfo rubro aconteça com um gol à frente no placar, a decisão irá para os pênaltis.

Thumb  mg 5916O resultado do primeiro confronto diante da equipe alagoana não foi bem digerida pelo meia Romarinho que viu um América com maior volume de jogo e dominando as ações.

“Taticamente fizemos um jogo quase que irreparável. Mais uma vez dominamos a partida e não marcamos. Acabamos tomando um gol vindo de uma jogada característica deles. Falhamos e o resultado foi adverso. Temos tudo para reverter a situação dentro de casa. Nosso grupo é qualificado e guerreiro e vai lutar até o final”, disse o meio-campista.

 Para o jogo que vale não só a permanência do América-RN no Brasileirão, como também o sonho do acesso, o técnico Paulinho Kobayashi contará com mais dois reforços recém-contratados, o volante Robson e o centroavante Elias Pereira. No jogo do último domingo, os também reforços Neílson, Rodrigo Andrade e Gustavo Xuxa tiveram a chance de estrear.

“O professor tem mais opções no elenco que na primeira fase. Os companheiros que chegaram têm muita qualidade e vão nos ajudar. Estamos aqui para ajudar uns aos outros a buscar a classificação e o acesso que esse clube tanto merece”, falou Romarinho.

Fotos: Canindé Pereira/América FC

Banner detran