O AMÉRICA FUTEBOL CLUBE vem a público repudiar as adjetivações que foram direcionadas a um membro da Diretoria Executiva deste clube centenário na data recente por parte do atual presidente da comissão de arbitragem no estado.

Independentemente das motivações que o levaram a tanto, os excessos em suas palavras e a tentativa de denegrir e ser pejorativo em relação a um diretor de um clube – que poderia ser de qualquer um – atingem diretamente a instituição da qual ele faz parte. É justamente o respeito, o relacionamento institucional e o cumprimento das funções de cada que buscamos proteger e ver assegurados.

Não se deve esperar atitude neste nível por parte do presidente da comissão de arbitragem no estado, cujo agir não pode ser capitaneado por suas preferências e/ou suas opiniões pessoais quando estiver falando em nome da instituição que representa.

A forma utilizada de comentar e responder a certas declarações de um membro da Diretoria Executiva deste clube não foi, de longe, a apropriada para o ocupante do citado cargo, ainda mais em véspera de clássico válido pelo campeonato estadual, de quem se espera completa e absoluta isenção em seu exercício. 

Infelizmente, o nível das palavras ditas pelo presidente da comissão de arbitragem no estado não se coadunou com a postura devida, razão pela qual o AMÉRICA expressa o seu descontentamento com os fatos acima apontados, dando o assunto por encerrado no âmbito institucional, devendo as instâncias competentes apurarem as eventuais responsabilidades em suas respectivas esferas, se for o caso.

A Diretoria.

Natal/RN, 02 de Março de 2018.

Banner detran