Após o jogo de estreia no Campeonato Potiguar diante do Santa Cruz de Natal, cujo placar terminou sem gols, o técnico Felipe Surian atendeu à imprensa e analisou o primeiro desafio do Mecão no Estadual.

- Um jogo atípico, porque perdemos um atleta logo aos 15 minutos do primeiro tempo e prejudicou um pouco o nosso conteúdo de jogo, em termos táticos. Mas, conseguimos ajustar o posicionamento do nosso setor defensivo e explorar os contra-ataques. Tivemos um volume bom, não com tanta eficiência, com um a menos, jogando com uma equipe qualificada e que conseguiu mostrar um bom futebol, nós tivemos boas jogadas e uma boa chegou a bater na trave, em um lance de bola parada, e infelicidade de ser um defensor naquele lance e não conseguiu fazer ao gol. Como foi o primeiro jogo, sabíamos que seria um jogo complicado, com um baixo rendimento de alguns atletas, mas no geral, devido a circunstância da expulsão, ficou de bom tamanho - disse.

Ainda sobre a partida, Surian elogiou o desempenho tático dos atletas e comentou sobre o comportamento do time após a expulsão de Marcos Júnior.

- (O time) está no caminho. Os jogadores muito comprometidos taticamente. No início da partida e até os 15 minutos iniciais, tem aquela adrenalina ainda que eles estão soltando, e foi logo onde perdemos o homem. Tivemos alguns deslizes, o Maracás foi infeliz em um lance, mas o Vinícius estava ligado. Mesmo com a expulsão, a equipe se organizou defensivamente e foi muito bem taticamente. Faltou essa questão de ter um pouco mais de volume. Eu vou tentar ajustar no próximo jogo essa variação para o outro lado, porque o Dija estava bem - completou.


Foto: Canindé Pereira/América FC

Banner detran