No próximo domingo (19) o Mecão terá uma decisão pela frente contra o ASSU, às 17h, na Arena das Dunas. Para o confronto, o excesso de lesões preocupa o técnico Felipe Surian que hoje (16) se deparou com nove atletas entregues ao Departamento Médico: os zagueiros Daniel Felipe e Lucas Bahia, os laterias Osmar e Danilo, os volantes Filipe Alves e Michel Benhami, os meias Michel Cury e Somália e o atacante Dija Baiano.

A chegar no Centro de Treinamento Dr. Abílio Medeiros nesta tarde, o médico Marcos Rego avaliou os atletas explicou, um pouco a situação de alguns deles.

- Desde 2014 o Departamento Médico não ficava tão cheio. A gente espera que depois dessa tempestade venha a bonança. Daniel (Felipe), Dija Baiano e Osmar já estão o período de transição. O Benhami (Michel) a gente vai dar uma segurada, um pouco, porque ele ainda está "sentindo" e lesão na região posterior dele, no jogo de ontem saíram o Filipe Alves, o Michel Cury, o Lucas Bahia saiu sentindo (dores) um pouco e estão em tratamento. O Danilo teve uma lesão na posterior, grau 2, e ainda sem previsão de retorno - disse.

Para o Dr. Marcos, a situação que mais preocupa é a do lateral Danilo. A batalha pela recuperação deste atletas será diária e o médico alvirrubro espera liberar, pelo menos, dois atletas para o jogo diante do ASSU no domingo (19).

- Digamos que é o caso mais grave por ter tido a lesão e ser mais recente. Os outros já estão evoluindo bem. Pra domingo (19) nossa expectativa é poder contar com o Dija Baiano e com, talvez, o Osmar. O resto está vetado - garantiu.

Foto: Canindé Pereira/América FC 

 

Banner detran