A manhã desta terça-feira (8) foi avaliação no Departamento de Fisioterapia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), onde os atletas rubros passaram por um processo de dinamometria isocinética, que vai avalia o desempenho muscular tais como variáveis de força, potência e resistência à fadiga.

- A avaliação isocinética tem como grande objetivo avaliar eventuais desequilíbrios musculares e é muito importante porque, por meio dela, podemos identificar desequilíbrios no que se refere à potência, trabalho, fadiga e detectada a diferença, a gente entra em contato com o grupo da fisiologia e fisioterapia para tentar minimizar essas diferenças, promover os ajustes e, consequentemente, prevenir ou minimizar uma possível lesão - disse o doutor em fisioterapia, Wouber Herickson.

Foto: Canindé Pereira/América FC

Banner detran